CONSIDERAÇÕES SOBRE O SALTO

    Saltar é elevar-se procurando transpor maior distância ou maior altura.

  Os saltos atléticos que procuram transpor uma certa distância, semelhantes aos que eventualmente damos em dias de chuva, por  exemplo, para transpor enxurrada, são chamados  de saltos em distância.

    Os saltos atléticos, semelhantes aos que você dá quando tenta alcançar o galho de uma árvore, por exemplo, que procuram transpor maior altura são chamados de saltos em altura.

      Os saltos atléticos em distância e em altura são executados obedecendo a certas técnicas e regras. Quase toso os esportes exigem o salto atlético.


 TIPOS DE SALTOS NO ATLETISMO

    SALTO EM DISTÂNCIA 

    Prova na qual os atletas devem percorrer uma raia correndo para ganhar impulsão e saltar antes de uma faixa branca marcada no chão, caindo com os dois pés em uma caixa de areia. Vence aquele que conseguir saltar o mais longe possível.




REGRAS:

     A prova tem uma forma de disputa muito simples.

     Cada atleta tem direito a três tentativas para atingir sua melhor marca.

    Uma tentativa é considerada válida quando o competidor inicia o movimento do salto dando o último passo antes da linha que limita a área de corrida.

    Caso o atleta dê seu último toque no solo antes do salto após a linha-limite, esse salto será invalidado.

    Outras causas de invalidação de um salto: caso o atleta toque, com qualquer parte do corpo, a área posterior à linha de medição localizada na barra de impulsão; toque o lado da tábua de impulsão; toque o solo fora da caixa de areia no momento em que cair; caminhe pela caixa de areia após o salto; dê um salto mortal.





  1. Corrida: O atleta acelera pela pista, alcançando a máxima velocidade antes da região de salto.
  2. Salto: O atleta se impulsiona com um pé, com os braços para cima para alcançar altura.
  3. Voo: Corpo estendido para manter equilíbrio e preparar a aterrissagem.
  4. Aterrissagem: Pernas e braços à frente para alcançar a máxima distância possível.

Salto inválido. Quando o pé deixa uma marca na região à frente da permitida na pista de salto.

Vídeo demonstrando a execução do salto em distância














    SALTO TRIPLO:

http://globoesporte.globo.com/Esportes/foto/0,,14690576-EX,00.jpg

    Segue a mesma linha do salto em distância, mas o pulo final deve acontecer após uma série de duas passadas mais largas, que servem para dar impulsão ao atleta. Vence quem saltar o mais longe possível.

    Esse salto utiliza as mesmas regras do salto em distância, com exceção de que a tábua e a linha limite do salto ficam no mínimo a 11m da caixa de areia.


   Para o salto é utilizado uma técnica onde o atleta deve cumprir três etapas sucessivas: 

  1. um primeiro salto, antes da linha limite,
  2. para cair sobre o mesmo pé do impulso; um segundo salto, caindo sobre o outro pé;
  3. e finalmente o terceiro salto, que lhe permite cair com os dois pés na caixa de areia (deve executar este salto final com toda a força para projetar-se para a caixa de areia com a maior distância possível).


REGRAS: 




    A ordem de saltos dos atletas é sorteada.

    Assim como no salto em distância, o atleta faz 3 tentativas e lhe é computado o melhor dos três.

    Quando houver mais de oito competidores, cada um terá direito a três tentativas e os oito competidores com os melhores resultados da prova terão direito a mais três tentativas, sendo que, no caso de empate em oitavo nos três primeiros saltos, todos os competidores terão também direito a mais três tentativas.


    O primeiro salto deve ser dado de forma que o competidor corra com o mesmo pé com que foi dada a impulsão; no segundo, ele deve cair com o outro pé; a partir daí o salto é completado.



    É considerado falho o salto em que o competidor, enquanto estiver saltando, tocar o solo com a perna "inativa".

    Aplicam-se ao salto triplo todas as demais disposições sobre as faltas previstas para o salto em distância.


    A pista deve ter uma largura mínima de 1,22m e seu comprimento é ilimitado, devendo ter, no mínimo 40m.










http://img.terra.com.br/i/2008/08/18/841655-9187-it2.jpg



http://n.i.uol.com.br/ultnot/album/070827_f_007.jpg



Vídeo demonstrando a execução do salto triplo



SALTO EM ALTURA 



    Prova na qual os atletas correm em direção a uma barra horizontal presa por dois suportes em determinada altura, com o intuito de saltar por cima do obstáculo sem derrubá-lo. Esse salto normalmente é feito de costas, pois tal movimento aumenta a impulsão do atleta. Cada competidor tem direito a três saltos iniciais a uma altura definida pelo juiz. Caso consiga acertar um, o competidor segue na disputa e precisa subir a medida do obstáculo em pelo menos dois centímetros.
 
    O salto mais alto conta como resultado final de cada atleta, e aquele que conseguir a maior altura é o campeão. Em caso de empate, será vencedor aquele que deu menos saltos para alcançar sua marca. Se a igualdade persistir, o número de erros será avaliado. Se ainda assim a disputa continuar empatada, os dois ganham medalhas, exceto na briga pelo ouro, em que há um salto adicional.



Vídeo demonstrando a execução do salto em altura



SALTO COM VARA

    Segue a mesma linha de disputa do salto em distância. A diferença é que os saltos são dados com o auxílio de uma vara, o que faz o atleta subir mais. Vence aquele que conseguir a maior altura.

Objetivo: Transpor o sarrafo.



    Basicamente, consiste em ultrapassar um obstáculo (sarrafo) colocado a uma determinada altura, utilizando como impulso uma vara que é apoiada no solo e projeta o atleta para cima.



http://www.estadao.com.br/fotos/fabiana_murer.jpg



REGRAS:



    A pista deve medir no mínimo 45m, ao fim da qual se acha enterrada, ao nível do piso uma caixa de apoio com 1m de comprimento, 60cm de largura, no início e apenas 15 junto ao obstáculo.

   Essa caixa é feita de madeira ou metal, enquanto o obstáculo consta de dois suportes verticais e uma barra horizontal - ou sarrafo - de secção triangular, com 3mm de lado, mas com 3,86 a 4,52m de comprimento e 2,260kg de peso máximo. Como na prova de salto em altura após o obstáculo se coloca o port-à-pit, com 1m de altura e 5 de lado, para amortecer a queda do saltador.


   A vara utilizada para impulso é de material, comprimento e diâmetro à escolha do atleta, mas ele só poderá revesti-la com duas voltas de fita adesiva de espessura uniforme.



  Atualmente, os saltadores usam vara de fibra de vidro, por sua grande resistência e flexibilidade, com peso e comprimento que variam em razão das características físicas do próprio atleta.

  As regras observadas na salto em altura, no que toca ao número de tentativas, faltas permitidas e direito de recusar-se a transpor determinadas marcas, com o objetivo de guardar-se para outras maiores, são aplicáveis ao salto com vara.


   Nessa prova, o saltador deve correr pela pista de impulso, segurando a vara com as duas mãos em pontos escolhidos por ele mesmo, fincá-la na caixa de apoio, projetar-se para cima em impulso obtido com a flexão da vara e transpor o obstáculo sem derrubá-lo.


  É importante que ele largue a vara no momento exato, pois mesmo que salte o obstáculo, se a vara derrubar o sarrafo, conta-se isso como falta. O saltador também não pode, uma vez fincada a vara na caixa de apoio, mudar a posição de suas mãos na vara, três dessas faltas o eliminam.




http://4.bp.blogspot.com/_VtiseR9Ywg4/SumU2aW_hwI/AAAAAAAAADA/PrMputaoGoA/s320/SALTO+COM+VARA2.jpg






http://olimpiadasdebeijing.files.wordpress.com/2008/08/esquema-salto-com-vara.jpg


    As varas que no inicio do século passado eram feitas de bambu, atualmente são feitas com compostos de fibras de carbono e fibra de vidro.

   A pista oficial no salto com vara deve ter no mínimo 45 metros. São permitidas um máximo 3 tentativas para cada altura escolhida pelo atleta,

    Contam como faltas a queda do sarrafo e a mudança da posição das mãos após a vara ser fincada na caixa de apoio.


Vídeo demonstrando a execução do salto com vara





20

Visualizar comentários

Carregando